Cuiabá-MT, sexta-feira, 20 de outubro de 2017
Português English Español
Buscar no Site:
Dólar / InvestShop
Compra Venda
Comercial
Turismo
Paralelo
 



Região: Cerrado / Destino: Rondonópolis

Rondonópolis está a 210 quilômetros de distância da capital Cuiabá.O município é cortado pelas rodovias federais BR 364 e BR 163, as mais importantes vias de escoamento da produção e ligação do Mato Grosso e região norte com o sul do país.
Esta localização estratégica faz com que Rondonópolis se consolide a cada ano, como Pólo Industrial do Centro-Oeste.

Os primeiros sinais de vida em terras que hoje pertencem ao município de Rondonópolis são de pelo menos cinco mil anos atrás, segundo os estudos realizados no sítio arqueológico Ferraz Igreja.

No período contemporâneo, já final do século passado, o local era povoado por índios Bororo, pelo efetivo do destacamento militar em Ponte de Pedra e aventureiros em busca de ouro e pedras preciosas.
Logo nos primeiros anos de 1900 começam expedições da Comissão Construtora de Linhas Telegráficas Gomes Carneiro, sob o comando do primeiro tenente Cândido Rondon. Eram essas expedições que determinavam o traçado da linha telegráfica para interligar o Estado do Mato Grosso ao Amazonas. Em 1922 acontece a inauguração do primeiro posto telegráfico às margens do Rio Poguba ( Rio Vermelho ).
Mas pode-se dizer que a partir de 1902 começa a ser formado o Povoado do Rio Vermelho com a fixação de famílias procedentes de Goiás, Cuiabá e outras regiões do Estado, além de nordestinos.
Em 1915 já haviam cerca de setenta famílias na localidade que viviam com um pouco de organização econômica, social e política. Neste mesmo ano é promulgado um decreto lei que estabelecia uma reserva de 2.000 hectares para o patrimônio do povoado. Três anos depois o major Otávio Pitaluga concluía o projeto de medição, alinhamento e estética da localidade.

A mudança do nome de Povoado do Rio Vermelho para Rondonópolis acontece em 1918 e em 1920 o lugarejo passa a ser distrito de Santo Antônio do Leverger e comarca de Cuiabá.
Na década de 20 Rondonópolis começa a ser despovoada. Problemas como epidemias, enchentes e a descoberta de diamantes na região de Poxoréo fazem com que várias famílias se mudem. Esses fatores levam Rondonópolis a ser distrito de Poxoréo no final dos anos 30.

Em 1947 Rondonópolis é inserido no contexto capitalista de produção como fronteira agrícola mato-grossense, resultado da política do sistema de colônias implantado pelo governo do Estado. A emancipação política acontece em dezembro de 1953. O desenvolvimento vem através do campo. Na década de 70 acontece uma aceleração no processo de expansão capitalista. A cidade passa a ser um representante do modelo agro-exportador, com destaque para a produção de soja e da pecuária. Neste período Rondonópolis já é considerada pólo econômico da região e classificada como segundo município do estado em importância econômica, demográfica e urbana.
É a década da migração de nordestinos, paulistas, mineiros e sulistas que vêem nestas terras bons negócios.

Hoje essa cidade que têm 50 anos conta com quase 200 mil habitantes convivendo num dos mais agradáveis climas de Mato Grosso, em média 30 graus.
Conhecida por suas terras férteis e localização privilegiada Rondonópolis tem despertado cada vez mais, o interesse de empresários de outras regiões do país que procuram lugares promissores para a expansão e diversificação dos seus negócios.
Graças a alta qualidade do algodão desenvolvido em toda a região empresários do setor têxtil começam a se instalar no município que começa a ter implantado um Pólo Têxtil e já conseguiu mudar o traçado da Ferronorte fazendo com que os trilhos do desenvolvimento passam por aqui, barateando o frete e diminuindo o percurso até os portos.

O Turismo de Rondonópolis é movimentado pelo agronegócio, mas devido às belezas naturais da região, o eco turismo já surge como atração para o setor. Outra área que começa a atrair visitantes é o Esporte devido a vários campeonatos de diversas modalidades.
As feiras agropecuárias como a Agrishow Cerrado (feira internacional de tecnologias agrícolas), que acontece em abril e a Exposul (exposição agropecuária oficial da cidade), realizada em julho atraem milhares de pessoas de todo o Brasil para o município.
O Parque Ecológico João Basso (área de preservação ambiental particular) é formado por cachoeiras, grutas, inscrições rupestres e trilhas que levam à Cidade de Pedra.
Há também por toda a região de Rondonópolis uma série de cachoeiras e rios propícios para os amantes da boa pescaria, para a prática de esportes radicais como o rapel ou simplesmente para contemplar a natureza exuberante do cerrado.

Assim é Rondonópolis. Uma cidade que cresce a passos largos. Não é apenas uma promessa para o novo milênio, já é uma realidade.

Fonte: Prefeitura Municipal de Rondonópolis.

Localização: 210 Km de Cuiabá pelas BRs 163/364 alfaltadas.

Galeria de Fotos

Pacotes  
Hotéis e Pousadas  
    Novotel Rondonópolis
+ Destinos  
    Águas Quentes
    Chapada dos Guimarães
    Cuiabá
    Jaciara
    Nobres
Regiões...  
    Amazônia
    Cerrado
    Pantanal

Kanzen Viagens e Turismo Ltda
Rua Desembargador Trigo de Loureiro 602, Consil - CEP 78048-455
Telefax: (55-65) 3642 1990 / 3642 2224
info@kanzenturismo.com.br
Cuiabá - Mato Grosso- Brasil
© 2004. Kanzen Viagens e Turismo Ltda. Todos os direitos reservados.
Solução Global em Informática